Empresas como meio de transformação positiva para uma economia na qual o sucesso também seja medido pelo bem estar da sociedade e da natureza

Tema Principal:

Redefinindo o significado de sucesso nos negócios.

Introdução:

Painel moderado pelo Sistema B com objeto de apresentar o movimento de Empresas B com a perspectiva das próprias empresas que integram a rede falando sobre suas práticas e modelos de negócio que geram soluções para problemas socioambientais.

Resumo da Sessão:

Existe um movimento global de empresas que estão resiguinificando o conceito de sucesso na economia. São negócios que incorporam dentro de suas atividades principais a geração de impactos socioambientais positivos. Por exemplo: contribuindo para inclusão social de comunidades carentes no mercado de trabalho, reduzindo as externalidades negativas para o meio ambiente de outras empresas, gerando valor compartilhado tanto para os acionistas, quanto para as comunidades onde estão inseridas.  Este painel tem como objetivo apresentar um pouco das Empresas B convidando aos participantes a repensarem o modelo de negócio e o propósito de suas próprias empresas.

 Objetivos de Aprendizagem:

  1. Apresentar o movimento de Empresas B  com casos reais de como as empresas dessa comunidade estão gerando soluções socioambientais.
  2. Promover discussão sobre o propósito e modelo de negócio das empresas.
  3. Participantes repensarem o modelo de seus negócios com uma visão diferenciada para seus impactos socioambientais. Considerando a mensuração do seus impactos positivos.

Palestrantes:

Ana-SarkovasAna Sarkovas, Sistema B
Diretora executiva do Sistema B Brasil. Formada em Ciências Sociais, pela USP, e Comunicação Social, pela ESPM. Trabalhou por dois anos na Ashoka Empreendedores Sociais. Fez parte da equipe do Banco Real por cinco anos, trabalhando com inserção de sustentabilidade nas áreas de Negócio e com Planejamento de marketing e comunicação dos temas institucionais. Integra o Conselho da organização Arte Despertar. Em 2011, começou a trabalhar na Amata, empresa que faz a ponte entre a floresta e o mercado consumidor ao disponibilizar madeira certificada, responsável pelas áreas de Comunicação e Marca e pela governança da sustentabilidade. De 2012 a março de 2015 também foi responsável pela gestão da área comercial e de marketing na mesma empresa.

manRicardo Glass, Okena
Socio fundador